top of page

Processo de elaboração de projetos

Atualizado: 2 de set. de 2022

Quais são as etapas de elaboração dos projetos?


Costumo pensar que um projeto é o sonho de um cliente no qual o engenheiro ou arquiteto é encarregado de realizar.


Tudo se inicia com uma conversa entre o cliente e o engenheiro ou arquiteto, onde o cliente explana quais são suas expectativas para a construção e o que ele quer que a edificação possua, 3 suítes, 2 banheiros sociais, uma sala de cinema, elevador, garagem para 4 carros e assim por diante.

Após a conversa inicial eu entrego um questionário (que está disponível na página inicial do site) com 37 perguntas diversas, onde o cliente define praticamente tudo o que ele quer para sua construção, por exemplo: quantos quartos ou suítes, quantos banheiros, qual a metragem quadrada quer construir ou quanto de dinheiro pretende gastar, quantos pavimentos, tipos de aparelhos hidráulicos e elétricos, fornecimentos de energia, piscina entre outros. Através do questionário eu monto um ou mais modelos de planta baixa e um modelo 3D, para que possamos ter um ponto de partida para chegar no modelo ideal que o cliente deseja. Fazemos então, algumas reuniões até adaptarmos o projeto conforme os gostos e necessidades do cliente.

Com a aprovação do cliente do modelo em 3D e da planta baixa com a disposição dos cômodos, é gerado um contrato entre as partes, definindo projetos a serem elaborados, valores e prazos.



Então se inicia o processo de elaboração do projeto arquitetônico, onde serão apresentados: planta baixa, planta de cobertura, elevação frontal, cortes, tabelas de esquadrias, quadro de medidas, planta de situação, planta de implantação e as observações gerais, além de outros detalhes que forem julgados necessários para correta execução do projeto.


Concluído o arquitetônico...


Após a conclusão do projeto arquitetônico, uma cópia completa do mesmo é entregue a prefeitura para análise e correção, juntamente com outros documentos exigidos pela prefeitura como: ART (Anotação de Responsabilidade Técnica), negativa de débitos do terreno e do engenheiro, declaração de mão de obra, solicitação de alvará, (a documentação varia de município para município devendo assim ser consultado antes de reunir a documentação). Feito as correções necessárias são entregue mais três cópias atualizadas a prefeitura juntamente com todos os documentos necessários para análise documental e então emissão do alvará de construção.


Durante o processo de aprovação do projeto arquitetônico, estando o engenheiro convicto de que não haverão mudanças significativas no arquitetônico, é iniciado a elaboração dos projetos complementares.


Projeto estrutural: onde serão realizados os cálculos que determinarão as dimensões dos blocos, vigas, pilares, lajes, sendo realizado o detalhamento destes como: classe de resistência do concreto, bitolas das armaduras e as dimensões de todos os elementos.


IMPORTANTE: Caso a edificação possua 2 andares ou mais, é necessário fazer um estudo do projeto sanitário para as passagem das tubulações de esgoto pelas vigas, para que seja dimensionado estes 'furos' nas vigas.


Concluído o estrutural...


Após a conclusão do projeto estrutural, se dá inicio aos demais projetos complementares, como:

Projeto elétrico: onde é dimensionado a demanda de energia necessária para suprir as necessidades dentro da residência, em que inclui: chuveiros, interruptores, tomadas de uso geral, tomadas de uso especifico para por exemplo forno microondas, forno elétrico, ar condicionado entre outros, realizado também o dimensionamento dos quadros de energia por onde passa toda a rede, ainda os dispositivos de proteção, até mesmo o padrão de energia é dimensionado para que seja possível montar o medidor do padrão conforme exige a concessionária e assim fazer a sua ligação a rede.


Projeto hidráulico: neste são dimensionados os tubos para água quente e fria, verificado a demanda conforme os aparelhos que serão utilizados na edificação e a quantidade de pessoas que moram ou poderão morar conforme o numero de quartos e m² da residência entre outros fatores.


Projeto sanitário: no projeto sanitário são representados os tubos que irão guiar o esgoto para a rede pública e as águas pluviais para as galerias na rua, as tubulações pluviais inicia na cobertura onde coleta água das calhas através dos tubos de queda e as direcionam até a rua sem interrupções, caso haja terraço esta faz uma ligação ao tubo de queda para seguir para rua. A tubulação de esgoto inicia a coleta nos aparelhos como lavatórios de banheiros, vaso sanitários e ralos de banheiros, estes são direcionados para uma caixa de passagem e então seguem para a rede de esgoto, a coleta da pia da cozinha segue separado do esgoto até uma caixa de gordura, para como o nome já diz reter a gordura, e posteriormente segue para a caixa de passagem da rede de esgoto e segue o fluxo.


Projeto de telefone e TV: o projeto de telefone e TV representam apenas a infra-estrutura para a montagem das redes de interfone, internet, telefone, TV, alarme, sendo que o dimensionamento necessário deve ser realizado por empresa especializada, neste são apresentados todos os pontos da casa de rede lógica.


Após a conclusão de todos os projetos complementares nos softwares específicos, são montadas as pranchas para seguirem a impressão e entrega ao cliente, para que possa ser iniciado a construção da edificação.


Gostou? Curta e/ou compartilhe!


300 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Logo.png
bottom of page